Contando Estórias com a História da Ciência

O projeto Contando Estórias com a História da Ciência utiliza o recurso das artes cênicas, para interagir, informar e principalmente divertir o público através do ato de contar a história da ciência de forma lúdica, pretendemos ilustrar fatos da vida cotidiana de filósofos e cientistas que acabaram promovendo o avanço da ciência e tecnologia. Através do viés da contação, facilitamos a compreensão e fixamos o conhecimento do expectador acerca da ciência.
 
O grande diferencial desta proposta em relação à uma contação de estórias tradicional é que os elementos cenográficos dos experimentos não são meramente iltustrativos, eles realmente funcionam e comprovam os fenômenos e os princípios envolvidos. A contação de estória “Arquimedes e o reino de Siracusa” é o primeiro lançamento do projeto, e onde narramos de forma lúdica a vida e as brilhantes descobertas do filósofo grego Arquimedes

Descrição Técnica

ARQUIMEDES E O REINO DE SIRACUSA, é primeira história do projeto, que conta sobre a vida do filósofo e pesquisador grego Arquimedes, que viveu no século 3 a.C. Dentre suas principais colaborações para ciência, estão a invenção do Parafuso de Arquimedes, o Raio Mortal, além do “Desafio da Coroa” (criação do Teorema do Empuxo), que em nossa história será apresentada a partir de um grande desafio que o Rei Hierão, monarca de Siracusa, apresenta para nosso protagonista desvendar.Durante a apresentação os atores demostram suas principais descobertas através dos experimentos com os objetos cenográficos, os experimentos realizados solicitando o auxílio do público.